Copa do Mundo em números: veja quem domina as estatísticas positivas e negativas do mundial até aqui.

Copa do Mundo em números: veja quem domina as estatísticas positivas e negativas do mundial até aqui.

21 de junho de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: FIFA)

 

 

A fase de grupos da Copa do Mundo da França chegou ao fim na última quinta-feira (20) e decidiu quem avançou e quem foi eliminado da competição mundial.

Dentro das quatro linhas o que não faltou foi gol e emoção. Só na fase de grupos, a competição registrou 106 gols marcados, uma média de 2.9 por partida. Apesar das bolas na rede terem feito a alegria de muitos torcedores e também atletas, a indisciplina também foi uma marca da primeira fase. Ao todo, 86 cartões foram distribuídos, sendo que 84 foram amarelos e dois foram vermelhos. A primeira fase da competição mundial registrou uma média de 2,3 jogadoras punidas com cartão.

Números positivos da fase de grupos da Copa do Mundo

Além do alto número de gols marcados, a Copa do Mundo até aqui registrou uma variedade de atletas por país que mais balançaram as redes na competição. Em outras palavras, as três artilheiras da Copa até aqui não são do mesmo país. Entre as três, figura a atacante brasileira Cristiane, que com quatro gols, é a terceira goleadora da Copa até o momento.

Apesar da atacante brasileira estar na lista das artilheiras da competição, isso não significa que o Brasil esteja entre os países que mais fizeram gols até aqui. A Seleção Brasileira é apenas a oitava que mais balançou as redes na Copa. Quando o assunto é a disciplina, quatros seleções aparecem como sendo as que menos levaram cartões até aqui. São elas a Espanha, a Nova Zelândia, a Noruega e a Inglaterra. Ambas levaram apenas um cartão cada em toda a competição.

Números negativos da fase de grupos da Copa do Mundo

Quando o assunto é tomar gols, a seleção da Tailândia ainda é a que mais teve as redes balançadas. A Seleção Tailandesa tomou 20 gols na fase de grupos, e somente em um jogo, o país perdeu pelo placar de 13 a 0 para os Estados Unidos.

No quesito indisciplina, o Brasil aparece como sendo a seleção que mais levou cartões na Copa do Mundo. A seleção canarinho foi amarelada sete vezes.

E no ranking de pior defesa, as eliminadas Nova Zelândia, Jamaica, Coréia do Sul e África do Sul fizeram apenas um gol na primeira fase.