Federação Espanhola de Futebol decide encerrar campeonato feminino e Barcelona é declarado campeão

Federação Espanhola de Futebol decide encerrar campeonato feminino e Barcelona é declarado campeão

7 de maio de 2020 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Alex Caparros)

 

Com a decisão, equipe catalã encerra a competição com 19 vitórias e 2 empates.

 

Em nota divulgada ontem (06), a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) e as federações territoriais decidiram pelo encerramento do Campeonato Espanhol Feminino. A medida faz parte da proposta de resolução de competições não profissionais, que leva em consideração a posição do Ministério da Saúde e Conselho Superior de Esportes do país. Com o decreto, o Barcelona, que era o líder do torneio, foi declarado campeão. 

O título da equipe catalã confirma a bela campanha realizada ao longo dos 21 jogos disputados, onde as comandadas de Lluís Cortés encerraram a competição de forma invicta, com 59 pontos conquistados – 19 vitórias e 2 empates. Além do time azul-grená, o vice-líder Atlético de Madrid também têm motivos para comemorar, já que garantiu a classificação para a próxima Liga dos Campeões. 

A determinação da RFEF ainda prevê a Primeira Iberdrola de 2020/2021 com 18 clubes, já que ninguém da atual temporada será rebaixado, e que o Eibar está com o acesso garantido. A outra vaga será decidida entre Athletic Bilbao B (que possui um time na elite nacional) e Santa Teresa, em reunião marcada para essa sexta-feira (8). 

Em relação a Copa da Rainha, as partidas válidas pela semifinal e final serão realizadas na temporada seguinte. Quanto ao equilíbrio do número de equipes em cada divisão, a RFEF decidiu pelo seguinte modelo: em 2020/2021 ocorrerão quatro rebaixamentos na elite nacional, para que apenas 16 equipes voltem a disputar a competição em 2021/2022. Já a segunda divisão será composta por 34 clubes, separados em dois grupos com 17 cada e desde que a fase eliminatória seja disputada em sede única.