Jogo de volta da final do Brasileirão A2 não será mais no Mineirão.

Jogo de volta da final do Brasileirão A2 não será mais no Mineirão.

20 de agosto de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Divulgação / Portal da Copa)

 

Em nota, Cruzeiro divulgou os motivos da troca de local.

 

Quatro dias após a confirmação de que o jogo de volta da Final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino Série A2 seria no Mineirão, o Cruzeiro, finalista e mandante da partida, anunciou, através de nota oficial, que o confronto não poderá mais ser no Estádio. Segundo comunicado, o clube segue orientações do Ministério Público e do 34º Batalhão de Polícia Militar. 

Após anunciar na última sexta-feira (16) que sua equipe feminina iria decidir a final do Brasileirão A2 no Mineirão, como forma de premiar as cabulosas pela campanha na competição, o clube mineiro voltou atrás depois de receber um ofício do Ministério Público do Estado. Conforme o documento, solicitado pelo 34º Batalhão de Polícia Militar, a partida não poderá ocorrer na casa cruzeirense devido à realização de um outro evento nos arredores do estádio, previamente marcado e envolvendo o Clube Atlético Mineiro. 

Buscando evitar um possível confronto envolvendo as duas equipes rivais (Cruzeiro e Atlético Mineiro) já que a corrida, prevista para encerrar às 10h, mas que se prolongará até o horário inicial da partida decisiva (Cruzeiro x São Paulo – 14h), para a realização de premiação e shows, as forças de segurança optaram pelo adiamento de data ou horário da final, opções já negadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), devido há contratos de patrocínios. 

Assim sendo, o Cruzeiro confirmou que a partida, portanto, será disputada no Estádio das Alternosas, no Sesc Venda Nova, local onde a equipe celeste realizou toda a sua campanha na competição. O clube ainda lamentou o ocorrido e afirmou que seguirá “abraçando e apoiando o projeto do futebol feminino”. 

 

Abaixo segue o Ofício do Ministério Público nº 630.3/19: