Libertadores Feminina 2019 terá mudanças.

Libertadores Feminina 2019 terá mudanças.

14 de agosto de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Reprodução)

Anúncios foram feitos pela Conmebol.

A Conmebol, entidade máxima do futebol na América do Sul, divulgou, através de seu site oficial, mudanças que serão impostas na Libertadores da América Feminina a partir deste ano. Além de um formato renovado, que contará com mais equipes, as premiações também serão maiores. 

Visando demonstrar melhor o talento sul-americano na modalidade, a organização anunciou que, a partir desta edição, 16 equipes passarão a disputar a competição – quatro a mais que nos anos anteriores. As vagas serão designadas através de conquistas alcançadas pelos países, em um ranking elaborado conforme a participação histórica dos clubes. 

Divulgação/Conmebol

Os valores que serão pagos aos clubes também sofreram alterações. Agora, o vencedor receberá USD 85.000 (R$ 341.000), prêmio recorde na história da competição; o vice-campeão embolsará USD 50.000 (R$ 201.000) e a equipe que ficar com a terceira posição será premiada com USD 30.000 (R$ 120.000). Além disso, todos os times receberão USD 7.500 (R$ 30.000) por participar do torneio.

A competição, que será disputada no mês de outubro, mas ainda sem data oficial para iniciar, terá como cidade-sede neste ano Quito, capital do Equador.

As 16 equipes que participarão são:

1 equipe por Associação Membro.

O país anfitrião tem uma cota adicional (Equador)

O país da equipe que tenha sido Campeão (Colômbia)

As primeiras quatro posições do ranking (Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai)