Liga americana anuncia torneio para iniciar a retomada das competições

Liga americana anuncia torneio para iniciar a retomada das competições

31 de maio de 2020 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Reprodução / @NWSL)

 

O comunicado foi feito na última quarta-feira (27).

 

Vai voltar o futebol feminino em solo americano. Após anúncio feito na última quarta-feira (27), a Liga de Futebol Feminino dos Estados Unidos (NWSL) confirmou o retorno às competições, porém com um novo formato. A Challenge Cup terá início no dia 27 de junho e duração de um mês, os novo times que disputarão o título se enfrentarão em sede única e sem a presença de público.

Cada time jogará quatro jogos na primeira fase, onde os oito melhores colocados avançarão para as quartas de final e, a partir daí, iniciará o formato mata-mata. As partidas da fase prévia e das quartas serão em Herriman, enquanto as semifinais e a decisão, prevista para o dia 26 de julho, acontecerão no Rio Tinto Stadium, em Sandy. Ambas as cidades ficam no estado de Utah. Ao todo, 25 jogos serão disputados.

Além de craques da Seleção Americana, como Megan Rapinoe, atual melhor do mundo, a NWSL também conta com as brasileiras Marta, que atua no Orlando Pride, e Debinha, jogadora do North Carolina Courage, atual bicampeão da liga. Porém, segundo o jornal “Washington Post”, diversas atletas ainda não sabem se participaram da edição deste ano, devido as preocupações com o coronavírus.

 

Cuidados adotados para a retomada

Para que os confrontos voltem com a maior segurança possível, a NWSL adotou alguns protocolos de prevenção. Por isso, todas as atleta e membros essenciais da equipe serão examinado 48 horas antes da viagem para Utah e, na chegada ao estado americano, serão submetidos a testes consistentes, medições de temperatura e revisão dos sintomas.

Atualmente, Utah ocupa o 34º lugar entre os estados americanos com o maior número de casos da doença, com o registro de mais de 8,6 mil infecções, além de mais de 100 mortes. Mesmo assim, o proprietário da equipe do Utah Royals, Dell Loy Hansen, garante que o Estado está preparado para sediar as partidas. “Utah está preparado de maneira única para receber todas as nove equipes da NWSL e organizar um tremendo torneio”, disse Hansen.