Novidades na categoria: FIFA apresenta cinco propostas para o futebol feminino.

Novidades na categoria: FIFA apresenta cinco propostas para o futebol feminino.

5 de julho de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Fifa)

 

Temas foram anunciados pelo presidente da entidade, Gianni Infantino.

 

Vista como um marco para o futebol feminino, a Copa do Mundo França – 2019 está fazendo história e que pode trazer mudanças para a modalidade, conforme afirmou Gianni Infantino, presidente da FIFA. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (05), em Lyon, o dirigente falou entusiasmado sobre a atual edição da competição, além de apresentar o que ele chamou de “cinco propostas para o futebol feminino”. 

A melhor Copa Feminina de todos os tempos, a melhor da história. Temos um ‘antes e o depois da Copa de 2019′ no futebol feminino”, disse Infantino, se referindo ao Mundial deste ano. Contente com o alcance obtido pela competição, o presidente da FIFA disse que as ideias – para mudanças na categoria, já estão na mesa, mas precisam ser apoiadas e votadas pelo conselho da entidade. 

Veja abaixo a lista proposta por Infantino:

(Foto: FIFA)

 

Criação de um Mundial de Clubes Feminino 

“Uma Copa do Mundo de Clubes para desenvolver (o esporte) em todo o mundo”. Com essas palavras Infantino apresentou a primeira ideia da lista, a qual deseja que comece o quanto antes e que seja disputada todos os anos. 

Criação da Liga Mundial Feminina 

Apresentada em 2017 pelo próprio Infantino, a proposta pode voltar a ser discutida. A ideia é que competição seja disputada em todo o mundo e em diferentes níveis. O torneio seria parecido com a Liga das Nações na Europa. 

Aumento do número de seleções na próxima Copa 

Devido ao sucesso desta edição, o objetivo é que a partir da próxima Copa do Mundo, que será realizada em 2023, a competição já passe a contar com 32 seleções (o atual formato conta com 24). Infantino afirma que a FIFA terá de  agir com urgência para que a vontade se concretize.

 

Dobrar as premiações na Copa do Mundo de 2023

Considerada uma proposta simples, o presidente da entidade deseja aumentar os valores de premiações (assim como o fez nesta edição) para o próximo Mundial da categoria, atingindo, segundo o próprio, “os valores necessários”. 

 

Dobrar o investimento no desenvolvimento do esporte para 1 bilhão de dólares

Novamente falando de investimento no futebol feminino, Infantino afirma que a FIFA já decidiu investir 500 milhões de dólares e que ainda irá propor mais 500 milhões (de investimento) em todo o mundo para competições.