Opinião: uma seleção que superou as expectativas.

Opinião: uma seleção que superou as expectativas.

4 de julho de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: FIFA)

 

Sim, fomos eliminados e o objetivo não foi atingido. Mas o que foi mostrado pelo Brasil ao longo da Copa do Mundo – França 2019 demonstra, para as pessoas que ainda não conheciam, como é grande a qualidade do futebol feminino brasileiro. Já para aqueles que se arriscam a opinar sobre a categoria, como eu, foram surpreendidos também, mas por outros motivos, como: a vontade de mostrar para todos que mulheres podem e devem jogar futebol; a garra em lutar pelos resultados; e a esperança na futura e promissora geração de atletas. Assim, foi a nossa seleção nesta 8ª edição de Mundial.

A expectativa era de sequer passar da primeira fase, devido aos péssimos resultados obtidos antes do Mundial, e pela desconfiança empregada no técnico Vadão e em suas decisões. Assim mesmo, as jogadoras experientes chamaram a responsabilidade e mobilizaram o grupo para que, mesmo com todas as dificuldades, fossem além. E fomos, chegando até as oitavas de final contra as anfitriãs. Caímos, é verdade, mas de forma digna, e por uma seleção que está décadas à nossa frente investindo no futebol feminino. 

E aí podemos até pensar em certas coisas, como por exemplo: talvez se tivéssemos uma bom investimento, não teríamos sofrido a virada por falta de maturidade para a Austrália, ainda na primeira fase, que acabou nos fazendo classificar apenas como uma das melhores terceiras colocadas. Se houvesse uma maior estrutura na categoria, as jogadoras teriam um melhor preparo físico e técnico e, aquela bola da Debinha, no final do primeiro tempo da prorrogação, onde ela já chegou cansada para finalizar – assim como toda a equipe, teria entrado. 

Diversos fatores contribuíram para que fôssemos eliminados precocemente do Mundial. Um deles é que recém começamos a ter equipes femininas nos grandes clubes de nosso país; mais e melhores competições; jogadoras recebendo um salário digno; investimento, por mais que pouco, mas que já se está tendo na modalidade; etc. O fato é que tudo isso começou agora, mas que é preciso manter, para quem sabe daqui alguns anos, novas jogadoras possam fazer muito melhor do que as da atual geração fizeram e fazem, isso, com pouquíssima estrutura. 

Perdemos. Fomos eliminados. Mas as nossas guerreiras honraram a camisa verde e amarela, inspiraram novas garotas que sonham em serem jogadoras, e conquistaram uma legião de fãs para a modalidade. Parabéns à nossa seleção! Vocês fizeram muito mais do que apenas jogar futebol, vocês consolidaram a categoria em nosso país.