Rosana Augusto, jogadora do Santos e da Seleção Brasileira, anuncia aposentadoria.

Rosana Augusto, jogadora do Santos e da Seleção Brasileira, anuncia aposentadoria.

4 de janeiro de 2019 Off Por Jogando Com Elas

(Foto: Reprodução Instagram / Rosana Augusto )

 

Jogadora anunciou aposentadoria em post na sua rede social nesta terça-feira (1).

Rosana dos Santos Augusto, 37 anos, nascida em São Paulo, anunciou a sua aposentadoria na última terça-feira (1). Com um post no Instagram, a atleta completou: “o ano de 2018 se encerrou e com ele a minha carreira de atleta de futebol”.

Com início em 1997, Rosana teve um carreira repleta de títulos e passagens pela Seleção Brasileira. A ex-jogadora permaneceu no São Paulo por 3 anos, em seguida teve passagem pelo Corinthians, Internacional e Neulengbach SV, da Áustria. Pela Seleção Brasileira, atuou nos Jogos Olímpicos de 2004 e nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, conquistando a medalha de prata. Também ganhou medalha de ouro nos Jogos Panamericanos de 2007, no Rio de Janeiro, além de marcar os dois gols da vitória brasileira contra o México na semifinal do torneio. Rosana fez parte da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2007, conquistando o vice-campeonato. A atleta também conquistou o Campeonato Sul-Americano de 2010 com o Brasil.

Além de ser convocada para representar o país, a ex-jogadora passou pelos times Sky Blue FC, Centro Olímpico, Lyon, Avaldsnes IL e São José Esporte Clube. Em 2016, Rosana assinou com o Paris Saint-Germain. Além do campeonato local, disputou a Champions League feminina com a equipe francesa.

Rosana Augusto foi apresentada pelo Paris Saint-Germain em 2016 (Foto: Divulgação)

Em 2017, a atleta assinou com o Corinthians/Audax e conquistou a Copa Libertadores da América de Futebol Feminino. Atualmente a lateral-esquerda atuava no Santos. Rosana Augusto concedeu entrevista exclusiva ao Jogando com Elas em 2018, e falou sobre sua carreira, futebol feminino e seus planos para o futuro, além de deixar um recado para as mulheres que desejam seguir na carreira esportiva:

“Tudo começa por um sonho. O sonho é o oxigênio do ser humano. Então, para todas as meninas e mulheres que desejam seguir no futebol, eu digo: sonhem, tenham metas, corram atrás. A vida de atleta não é fácil, é exceder o limite do corpo o tempo inteiro, abdicar de muitas coisas, mas no final vale muito a pena. Que sigam perseverantes, ambiciosas, para que tenham um resultado final muito feliz”.