Santos perde para o Atlético Huila na final da Libertadores Feminina 2018.

Santos perde para o Atlético Huila na final da Libertadores Feminina 2018.

3 de dezembro de 2018 Off Por Jogando Com Elas

(Foto: Twitter / Conmebol)

 

A equipe paulista foi derrotada nos pênaltis neste domingo.

O Santos entrou em campo neste domingo, 2, pela final da Libertadores Feminina 2018, e acabou sendo derrotado nos pênaltis para o Atlético Huila, na Arena Amazônia, depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal. Embora tenham chegado na decisão como favoritas após vencer todos os jogos anteriores, as Sereias da Vila não tiveram um bom desempenho na segunda etapa da partida. As colombianas foram líderes do Grupo A na fase de grupos, com duas vitórias em três jogos: 3 a 1 contra o Unión Española e 3 a 0 contra o Peñarol. Na semifinal, o Atlético Huila venceu o Iranduba, nos pênaltis, por 3 a 1, após empatar em 1 a 1 no tempo normal.

 

O Jogo

Primeiro Tempo

A primeira etapa começou eletrizante. Logo no primeiro minuto, a Brena acertou um belo chute de longe e abriu o placar para o Santos. A partir do gol, as Sereias da Vila controlaram a partida e continuaram criando chances. Aos 22 minutos, Maurine acertou a trave da goleira colombiana em cobrança de falta. A única chance do Atlético Huila foi aos 29 minutos, em cobrança de falta na área em que a zagueira colombiana completou para fora. Um minuto mais tarde, a atacante Maria ganhou na corrida da zagueira adversária e rolou para o meio da área, mas a zaga conseguiu se recuperar e afastar para escanteio. Aos 38 minutos, veio a última chance do primeiro tempo, em chute de longe da meio campista Brena, obrigando a goleira Soleira a fazer uma ótima defesa.

 

Segundo Tempo

A segunda etapa começou igual a primeira, mas desta vez para as colombianas. No primeiro minuto, a capitã Santos aproveito a saída errada da goleira Nicole e empatou para o Atlético Huila. Com o gol tomado logo no início, a equipe santista ficou nervosa, não acertando mais nada na partida e deixando as colombianas dominarem o jogo. Aos 5 minutos, a zaga do Santos se atrapalhou e quase acabou marcando contra. Três minutos mais tarde, a meio campista Stabile chutou de fora da área e acertou a trave santista. Para tentar acalmar o time, a treinadora Emily mudou a equipe e colocou a Rosana no lugar da Ketlen. Aos 21 minutos, a primeira boa oportunidade do Santos. Em cobrança de falta, Maurine cruzou e a Rosana desviou para fora. No último lance da partida, aos 46 minutos, a atacante Alana aproveito o cruzamento mas acabou chutando para fora, desperdiçando boa oportunidade. Fim de jogo: 1 a 1.

 

Pênaltis

A primeira cobrança foi da equipe colombiana. A jogadora Rodallega chutou sem chances para a goleira santista: 1 a 0. A primeira jogadora do Santos a bater foi a Maurine, que converteu a cobrança: 1 a 1. Logo em seguida, Stabile tirou da goleira e marcou: 2 a 1. A Camila foi a encarregada da segunda cobrança santista, e não decepcionou: 2 a 2. A terceira colombiana a cobrar foi Vallejos, que chutou com perfeição: 3 a 2. Juliete foi a escolhida para a terceira cobrança e marcou: 3 a 3. Cometti veio para a quarta cobrança e guardou: 4 a 3. A quarta cobrança santista foi da meio campista Angelina, que chutou e a goleira Solera defendeu: 4 a 3. A cobrança final do Atlético Huila foi da camisa 10 Rincón, que decretou o título da equipe colombiana: 5 a 3.

(Foto: Twitter / Atlético Huila)