Treinador denuncia racismo sofrido por Andressa Alves na Liga Feminina da Espanha.

Treinador denuncia racismo sofrido por Andressa Alves na Liga Feminina da Espanha.

14 de fevereiro de 2019 Off Por Jogando Com Elas

(Foto: Paco Largo / FCB)

 

De acordo com o comandante do Barça, Lluís Cortés, Andressa sofreu insultos racistas da jogadora Sheila García, que negou ter proferido qualquer insulto a brasileira.

O incidente foi na partida entre Barcelona e Rayo Vallecano. Os clubes se enfrentavam pela 20ª rodada da Liga Iberdrola, a primeira divisão da Espanha. O Barcelona vencia por 4 a 0 quando Andressa e Sheila se desentenderam no campo. A jogadora do Barça foi expulsa do jogo. No final da partida, o técnico catalão afirmou que a brasileira teria sofrido racismo da adversária. Também disse que a agressão não é justificável, mas que “o racismo é um tema muito grave que temos que tentar erradicar entre todos.”

O Rayo Vallecano emitiu uma nota em defesa de Sheila e a jogadora se pronunciou em suas redes sociais, negando ter ofendido Andressa. O clube relatou ter conversado com a jogadora e membros da equipe, além de analisar as imagens da partida e negaram categoricamente qualquer ofensa. Além de alegar sua inocência, García acusa o Barcelona de tentar manchar sua imagem.

O jornal Folha de São Paulo entrou em contato com Andressa, e a jogadora não detalhou o ocorrido, apenas afirmou que não irá se pronunciar sobre o assunto e vai deixar que as coisas sejam resolvidas pelo clube.

Confira a entrevista do técnico do Barcelona: Entrevista do técnico Lluís Cortés

Confira o comunicado oficial do Rayo Vallecano: Comunicado do Rayo Vallecano